Notícias

Ricardo Ali Abdala  apresentou publicamente a sua dissertação de doutoramento intitulada O Patrimônio em movimento. A circulação da arquitetura dos engenhos em territórios de influência portuguesa, no ramo de especialização em Arquitetura e Urbanismo, tendo sido aprovada com distinção.

O doutorando Ricardo Ali Abdala  irá apresentar publicamente a sua dissertação de doutoramento intitulada O Patrimônio em movimento. A circulação da arquitetura dos engenhos em territórios de influência portuguesa.

Conforme anunciámos no final da Carta anterior, a razão central deste número prende-se com mais uma ação protagonizada pelo projeto de doutoramento em curso, que exemplifica o posicionamento ético e testemunha as linhas de ação e investigação da Patrimónios.

No dia 07 de abril de 2022 irá decorrer a conferência “Heritage(s): Past, present, future”, na sala 2.5 do Edifício de Matemática, Pólo 1 da Universidade de Coimbra.

Nos dias 4 a 5 de abril, irá decorrer o colóquio “Paisagem marítima de Moçambique: património e ordenamento” na sala 2.5 do Edifício da Matemática, Polo I da Universidade de Coimbra com a coordenação de Larsen Vales & Walter Rossa.

Em condições adequadas à realidade atual, Marcela Santana apresentou publicamente a sua dissertação de doutoramento intitulada Cidades de influência portuguesa: patrimonialização e gestão, no ramo de especialização em Arquitetura e Urbanismo, tendo sido aprovada com distinção e louvor por unanimidade.

A doutoranda Marcela Santana irá apresentar publicamente a sua dissertação de doutoramento intitulada Cidades de influência portuguesa: patrimonialização e gestão.

Em condições adequadas à realidade atual, Regina Campinho apresentou publicamente a sua dissertação de doutoramento intitulada Modernizing Macao. Public Works and Urban Planning in the Imperial Network, 1856-1919, no ramo de especialização em Arquitetura e Urbanismo, tendo sido aprovada com distinção e louvor por unanimidade.

Este número da Carta Patrimónios surge dois anos depois do primeiro e, assim, do início formal das atividades da Cátedra.
Mas, como então se fez notar, o projeto contava com antecedentes relevantes desenvolvidos no âmbito do curso de doutoramento homónimo. Foi o caso das Oficinas de Muhipiti: planeamento estratégico, património, desenvolvimento, que decorreram em Julho-Agosto de 2017 em Muhipiti, ou melhor, na Ilha de Moçambique, de que resultou a publicação do livro homónimo no ano seguinte.

Nos dias 27, 28 e 29 de janeiro, a Patrimónios vai regressar à Ilha de Moçambique para a realização das 2ªs Oficinas de Muhipiti: à redescoberta do edificado da Ilha de Moçambique.